Basquete 3×3: Saiba como se joga a nova modalidade olímpica

Na semana passada, o Comitê Olímpico Internacional (COI) abalou o cenário olímpico com um pacote de mudanças já para os próximos jogos. Além da inclusão de provas mistas no triatlo, tiro com arco e BMX freestyle, a organização aprovou, na sexta-feira (9), durante uma reunião em Lausanne (Suíça), a inclusão do basquete 3×3 nas Olimpíadas de Tóquio-2020.

REGRAS E DIFERENÇAS PARA O BASQUETE USUAL

Como o nome sugere, no 3×3 cada equipe é composta por três jogadores em quadra, mais um substituto. O jogo é disputado em uma área menor (15m x 11m) que funciona como metade da quadra padrão, com uma só cesta, mantendo as marcações originais. As regras, no entanto, mudam: o que em um jogo normal é uma bola que vale três pontos, no 3×3 são pontuados dois. Ganha a equipe que marcar 21 pontos primeiro ou a que estiver com maior número de cestas feitas ao final de 10 minutos.

Cada uma possui 12 segundos para executar suas jogadas e marcar sua pontuação, que pode variar entre lances de dois pontos (atrás da linha demarcada), e um ponto (dentro da linha ou lances livres, semelhantes ao do basquete convencional). Em caso de empate, a disputa vai para uma prorrogação, onde a primeira equipe a marcar dois pontos é a vencedora.

POUCO CONHECIDA, MODALIDADE TEM MAIS DE 50.000 JOGADORES FEDERADOS

Mesmo pouco difundido como esporte oficial, o basquete 3×3 tem mais de 50.000 jogadores registrados pela Fiba (Federação Internacional de Basquete), e em torno de 250 milhões de adeptos por quadras ao redor do mundo, números que serviram de munição para a Fiba pressionar pela inclusão do 3×3 já em Tóquio. A modalidade, muito popular pela acessibilidade (já que em seu formado amador pode ser jogada em praticamente qualquer quadra com uma cesta), começou a se tornar profissional no final da década de 80.

BASQUETE 3X3 NO BRASIL

No Brasil, a ANB3x3 (Associação Nacional de Basquete 3×3) é a maior organizadora de torneios oficiais da modalidade. Três campeonatos oficiais da organização classificam para as etapas do FIBA 3×3 World Tour, o Mundial do esporte. O primeiro evento teste de 3×3 organizado pela Fiba aconteceu em 2007, durante os Asian Indoor Games (Jogos Asiáticos em Local Coberto, na tradução livre), em Macau, na China.

A Fiba permite que atletas profissionais do basquete convencional participem dos torneios de 3×3, ainda que nenhuma grande estrela tenha participado até o momento. É provável que, com a entrada da modalidade no programa olímpico, a popularidade do basquete de rua cresça em todos os países. O melhor jogador do mundo de 3×3 é um sérvio: Dusan Domovic Bulut, bicampeão mundial em 2012 e 2016, chamado pelo comitê olímpico de “Stephen Curry do 3×3”.

 

FUTURA SPORTS TEM O PISO OFICIAL DO BASQUETE 3X3

Sabia que nosso piso modular esportivo PLAYMATCH é o piso oficial do Basquete 3×3?

A qualidade é garantida e reconhecida por grandes esportistas, tanto que, por meio de parceria com a Associação Nacional de Basquete 3×3 (ANB3x3) nos tornamos o piso oficial do Basquete 3×3! A mais nova modalidade olímpica para os jogos de 2020, possuindo duas quadras itinerantes que são utilizadas em diversos eventos pelo país, mostrando aí uma grande vantagem do piso modular: a versatilidade! Podendo ser montado para um evento em um parque, condomínio ou até mesmo em um estacionamento e logo após desmontado por exemplo.

 

FONTE: http://www.preparadopravaler.com.br/noticia/basquete-3×3-saiba-como-se-joga-a-nova-modalidade-olimpica_a22489/1